Buscar
  • Home n´ Joy

Neste dia da criança ofereça um quarto novo ao seu filho. 10 dicas para todos os gostos!

Neste dia da criança ofereça ao seu filho aquele quarto com que ele sempre sonhou! A sua princesinha quer um castelo? O seu piratinha quer um parque de diversões? Com criatividade e algumas dicas, tudo é possível.


Por isso, hoje damos-lhe 10 dicas para que possa dar ao seu filho o quarto que ele sempre quis, com opções para todas as carteiras.


1) Em conjunto com o seu filho escolha um tema:

Inclua o seu filho no projecto! Não só ele o ajudará a criar o cantinho com que sempre sonhou, como poderão passar tempo de qualidade trabalhando num projecto comum. Escolham um tema: a personagem da sua série preferida, a banda desenhada que mais gosta, o desporto que pratica, um mundo encantando só vosso…


2) Pense na utilidade do espaço:

Sempre que pensamos nos quartos dos mais pequenos pensamos em arrumação e limpeza fácil. É importante pensarmos em estratégias para evitar tornar “a hora da limpeza do quarto” numa batalha campal. Pense no espaço de arrumação, à medida e de fácil acesso, para que o seu filho possa disfrutar ao máximo do seu quarto.

No entanto, é importante não perder o foco no tema e decoração do quarto, tornando-o acolhedor.


3) Pintura:

Primeiro que tudo pense prático. Escolha tintas laváveis para a pintura do quarto, de modo a tornar a limpeza mais simples. Pode aproveitar e dar alguma originalidade ao espaço, pintando uma parede ou fazendo um quadro com tinta de ardósia para pintura a giz ou com tinta magnética para colocar ímans (para pendurar o horário escolar, fotografias, recados, etc…) e tornar divertida a aprendizagem. Outra opção será a utilização de papel de parede ou adesivos vinílicos, com diversos padrões disponíveis, facilmente laváveis, resistentes à luz e muito duradouros, que poderão tornar o espaço mais personalizado e divertido.

Escolha a cor de acordo com o gosto e idade do seu filho. As crianças mais jovens, até aos 2 anos, são bastante sensíveis ao ambiente que os rodeia, devendo-se privilegiar as cores suaves, claras, que conferem sensação de tranquilidade, conforto e segurança. As crianças entre os 3 e os 7 anos criam, muitas vezes, o seu próprio mundo, utilizando o seu imaginário. Nesta fase poderão ser utilizadas cores mais fortes, intensas, que poderão dar mais estímulo ao desenvolvimento cognitivo. A partir dos 8 anos as crianças iniciam o processo de desenvolvimento e afirmação da sua personalidade, sendo o período em que mais envolvidos neste processo deverão estar. Nesta fase poderão escolher cores mais neutras ou escuras.


4) Incorpore o hobby do seu filho:

Seja ele um desporto, música ou uma preferência pessoal, use isso para criar um ambiente inesquecível e acolhedor. O seu filho gosta de escalada? Porque não incorporar uma parede de escalada no seu quarto? Adora andar de baloiço? E porque não incluir um? Adora ler? Incite a leitura criando um cantinho dedicado… O céu é o limite! Dê asas à sua imaginação.


5) Inove no design da cama:

Dormir é das actividades mais importantes na vida do seu filho. E quem os tem sabe bem quantas vezes é difícil convencê-los a ir para cama. Torne a sua cama num espaço de onde eles não quererão sair. Faça uma cama nas alturas, que nem castelo digno da mais bela princesa, uma tenda digna do filho do chefe Índio ou um forte destinado ao mais valente cavaleiro… Um carro, um refugio, um planetário, o que quiser…

Na eventualidade de um quarto partilhado pense na melhor solução em termos de espaço disponível e o seu aproveitamento, quer no que toca à cama, quer ao espaço de arrumação (em quartos pequenos beliches ou camas com gavetão poderão ser a melhor solução).


6) Pense numa secretária divertida:

Utilize cores fortes, designs divertidos, decoração que mais goste, ou torne um cantinho acolhedor numa zona de trabalho, tornando a secretária e a hora de fazer os trabalhos de casa divertida, mas tranquila!


7) Sonhos felizes:

Jogue com a luminosidade ou mesmo música ambiente de modo a tornar a hora da cama mais tranquila e apetecível. Decore o tecto de modo a tornar o simples acto de se deitar na cama uma experiência única. Escolha tectos personalizados, ponha estrelinhas, motivos decorativos, candeeiros divertidos ou tintas invisíveis que brilham no escuro…


8) Re-utilize mobiliário:

Para um projecto destes não necessita gastar muito dinheiro. Poderá renovar mobilia, nomeadamente cómodas, armários, roupeiros ou secretárias. Uma pintura nova, ou a colocação de puxadores diferentes, são passos simples que poderão dar uma aspecto completamente diferente ao quarto do seu filho. Outro aspecto a ter em consideração é o facto de as crianças crescerem e terem diferentes necessidades. Assim, poderá optar por um mobiliário que se adapta às várias etapas de crescimento da criança, e que o poderá acompanhar ao longo da sua vida.


9) Iluminação:

O quarto da criança deverá estar estruturado em diferentes áreas, de acordo com as actividades a desenvolver: descanso, lazer, trabalho. Assim, poderá adequar a iluminação. No tecto é recomendável que haja uma iluminação principal, mais intensa (pontual ou com diversos pontos de luz) e iluminação diferenciado nas restantes áreas. Junto à cabeceira deverá escolher uma iluminação menos intensa, mais acolhedora e intimista, facilitando a tarefe hercúlea de deitar uma criança após um dia atarefado. Poderá optar por deixar um ponto de luz de presença, principalmente em crianças mais pequenas, reforçando a segurança e permitindo uma melhor orientação espacial durante a noite. Na zona de estudo deverá existir uma iluminação directa, de forma a facilitar a concentração. Poderão existir outras opções, tal como iluminação com a possibilidade de regulação da intensidade da luz, facilitando a criação de vários ambientes, apenas com ponto de luz único.


10) Segurança:

Nunca esquecer a segurança! Para quartos de crianças mais pequenas é necessária especial atenção a esta questão: protecção de tomadas e extensões, protecção de esquinas e cantos, eventual colocação de travão de portas e/ou janelas para evitar entalões. Mesmo para crianças maiores não esquecer a colocação de protecção lateral na cama para impedir que caiam durante a noite, num sono mais agitado, e soluções de escadas de fácil acesso e com corrimão, principalmente se pensarmos em beliches ou camas altas.


Seja qual for o seu orçamento ou a sua preferência… Dê asas à imaginação e crie o vosso mundo de sonho. Ofereça algo que o seu filho nunca esquecerá, momentos!!!


Fale connosco! Na home ´n joy, temos soluções para todas as carteiras, para todos os sonhos e para todos os tamanhos!

19 visualizações0 comentário